Giuseppe Marotta acredita que a Juventus terá um grande desafio na Liga dos Campeões mas a equipa italiana tem de estar preparada.

Em declarações ao site oficial da equipa de Turim, o CEO da Juventus afirma que a hexacampeã da Serie A não pode perder a identidade.

"Os nossos adversários do grupo são grandes equipas, mas temos que enfrentar todos os jogos da mesma maneira - com a determinação certo, não importa quem enfrentemos", afirmou o dirigente, que deu o exemplo do Barcelona.

"Por exemplo, o Barcelona fez mudanças significativas, mas continuam a ser um adversário complicado".

O responsável da equipa italiana afirma que a equipa irá procurar ser competitiva, tanto na liga doméstica, como na prova milionária.

"Vamos ser competitivos de forma a atingirmos os nossos objetivos, mas não vemos atualmente grandes oportunidades no mercado de transferências, porque acrescentar um jogador à equipa só vale a pena se aumentar o nível da equipa. No entanto, vamos com certeza acrescentar um defesa".

"O campeonato italiano vai forçar-te a que gastes imensa energia, tanto psicologicamente como fisicamente, o que vai afetar-te na Liga dos Campeões. No último ano, tivemos uma temporada muito forte, porque jogámos cada jogo com a máxima motivação", referiu o dirigente.

O Sporting conheceu a sua sorte na Liga dos Campeões, ficando integrado no grupo D, onde vai enfrentar Barcelona, Juventus e Olympiacos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.