O Barcelona desloca-se na terça-feira a Anfield com uma confortável vantagem de três golos sobre o Liverpool, na segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, com o Ajax a defender vantagem sobre o Tottenham.

Os 'blaugrana' procuram confirmar a primeira presença numa final da Liga dos Campeões de futebol desde 2015, mas a favor dos ingleses está o facto de não sofrerem golos em casa para a Liga dos Campeões há quatro jogos, embora os catalães tenham vencido nas duas últimas visitas a Anfield e tenham o argentino Lionel Messi em grande forma e na liderança da lista dos melhores marcadores da presente edição da prova, com 12 golos.

Daí que o Liverpool, que afastou o FC Porto nos quartos de final, necessite de uma noite memorável para dar a volta à desvantagem com que regressou de Cam Nou, para poder reeditar a presença na final de 2018/19, que perdeu para o Real Madrid, por 3-1.

O uruguaio Luis Suárez, antigo avançado do Liverpool, deixou o Barcelona em vantagem ao intervalo da primeira mão em Camp Nou, com Lionel Messi a bisar nos últimos 15 minutos - os seus primeiros golos frente ao Liverpool - e a deixar os espanhóis com uma boa vantagem para a deslocação ao Merseyside.

O Barcelona sabe que terá de ser cauteloso em Inglaterra, pois na época passada foi eliminado nos quartos de final pelos italianos da Roma, depois de ter conseguido uma vantagem de três golos na primeira mão (4-1 em casa e 3-0 fora).

O Barcelona estava invicto há 11 jogos fora em todas as competições (sete vitórias e quatro empates) antes do desaire de sábado em casa do Celta (2-0), amenizado pelo facto de os 'blaugrana' terem recorrido a uma equipa com poucos titulares.

Na quarta-feira disputa-se a segunda mão da outra meia-final entre o Ajax e o Tottenham, que pende favoravelmente para os holandeses por 1-0, dado o golo de Donny van de Beek em Londres, e que deixou a equipa orientada por Erik tem Hag mais perto de regressar a uma final após um jejum de 23 anos.

Para chegar a esta fase da prova, o Ajax, que tem encantado a Europa do futebol com os seus jovens talentos, afastou o detentor do troféu Real Madrid e a campeã italiana Juventus nas rondas a eliminar, enquanto os 'spurs' se impuseram a Borussia Dortmund e Manchester City.

A estatística joga contra o Tottenham e a favor do Ajax, já que das 17 equipas que perderam em casa a primeira mão da meia-final na era da Liga dos Campeões, apenas uma deu a volta - precisamente a holandesa, contra os gregos do Panathinaikos, em 1995/96 (0-1 casa, 3-0 fora).

Esta foi apenas uma das quatro situações em que uma equipa se apurou depois de perder em casa na primeira mão de uma eliminatória da Liga dos Campeões, sendo que duas delas aconteceram já no decorrer esta época.

Para conseguir chegar à final da Liga dos Campeões, a disputar no Wanda Metropolitano, em Madrid, em 01 de junho, o Tottenham terá que fazer algo que nunca conseguiu na UEFA, ou seja, dar a volta a um resultado desfavorável na primeira mão.

O Tottenham perdeu todos os três confrontos na UEFA em que foi derrotado na primeira mão em casa, a últimas delas contra o Benfica, nos oitavos de final da Liga Europa de 2013/14 (1-3 em casa, 2-2 fora).

As outras duas derrotas em casa, na primeira mão, ocorreram por 1-0, frente ao PSV, nos oitavos de final da Taça UEFA de 2007/08 (1-0 fora, 5-6 penalties) e Real Madrid nos quartos de final da Taça UEFA de 1984/85 (0-0, fora).

Para a estatística fica ainda a nota de que o Tottenham, que participa apenas pela segunda vez nesta fase da prova -- a primeira foi há 57 anos na sua temporada de estreia - nunca perdeu a segunda mão de uma eliminatória, depois de uma derrota em casa, no primeiro jogo.

Esta é a participação mais bem-sucedida dos ingleses do Tottenham na Liga dos Campeões, dado terem superado o seu melhor resultado na competição, que eram os quartos de final da edição de 2010/11.

Os 'spurs' contam com quatro antigos jogadores do Ajax no seu plantel: Alderweireld (2008--13), Jan Vertonghen (2006--12), Davinson Sánchez (2016--17) e Christian Eriksen (2009--13) com os últimos três a virem diretamente do clube holandês.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.