Ousmane Dembélé foi convocado por Quique Setién, treinador do Barcelona, para a 'Final a 8' da Liga dos Campeões em Lisboa, apesar de a sua participação depender de avaliação médica.

Como o técnico tinha sugerido, Dembélé pode ajudar a equipa na capital portuguesa, depois de ter ficado de fora da partida da segunda volta dos oitavos de final da Liga dos Campeões, sábado passado, contra o Nápoles.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

"Os treinos que ele tem conseguido fazer com o grupo são poucos e a realidade é que íamos correr um risco muito grande. Ele ainda não está com muita confiança, acho que a melhor decisão é não levá-lo", disse Setién na última sexta-feira antes do confronto com a formação italiana.

"Vamos ver como ele se sai na próxima semana, quando formos a Portugal", acrescentou Setien, dando a entender que o francês poderia viajar com a delegação para Portugal.

No entanto, o atacante ainda não recebeu alta médica após o tratamento de uma ruptura completa do tendão do bíceps femoral proximal da perna direita, lesão sofrida em fevereiro e que o obrigou a ser operado na Finlândia. Ao todo, esteve nove meses sem jogar.

O jogador completou os seis meses de recuperação previstos pelo departamento médico do clube espanhol e agora aguarda uma nova avaliação para saber se tem condições para voltar a jogar.

Na sexta-feira, a equipa espanhola enfrenta o Bayern de Munique, em sistema de jogo único por um lugar na semifinal da Liga dos Campeões, na 'Final a 8' da prova que decorre em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.