Uma debandada de adeptos provocada por um falso alarme durante a final da Liga dos Campeões, em Turim, Itália, provocou pelo menos mil feridos, de acordo com um novo balanço da polícia italiana.

Os feridos mais graves foram hospitalizados em Turim, enquanto a maioria das vítimas sofreu ferimentos ligeiros e dirigiu-se a vários hospitais da cidade italiana e dos arredores para receber assistência médica, noticiaram os meios de comunicação locais.

O acidente ocorreu pelas 22:15 locais (menos uma hora em Lisboa), quando os adeptos procuraram fugir, após um falso alarme, precipitando-se sobre uma barreira de proteção de uma escada de acesso a um parque subterrâneo, que cedeu.

Os adeptos estavam na praça de São Carlos a seguir o jogo, em que a Juventus, equipa da cidade, foi derrotada pelo Real Madrid por 4-1, que conquistou a sua 12.ª Liga dos Campeões.

O encontro foi disputado em Cardiff e no qual Cristiano Ronaldo marcou dois golos, bisando aos 20 e 64 minutos.

Com este triunfo, o Real Madrid tornou-se na primeira equipa a conquistar a prova em dois anos consecutivos desde que a prova se passou a chamar Liga dos Campeões, em 1992/93.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.