O guarda-redes Ederson, que se transferiu do Benfica para o City na temporada 2017/2018, também considerou que a deslocação ao estádio do Dragão “será difícil, como são todos os jogos da Liga dos Campeões”, mas assegurou que a equipa quer dar “continuidade ao bom futebol” que tem vido a jogar.

Depois de no sábado o City ter goleado o Burnley por 5-0 para a liga inglesa, Ederson admitiu que os ‘citizens’ não vão conseguir “sempre fazer quatro ou cinco golos por jogo”, considerando que o importante “é a equipa estar bem e conseguir ganhar o jogo”.

O guardião, que também passou pelo Rio Ave, classificou a visita ao Dragão como um jogo normal, contra um adversário normal que conhece bem.

“Vai ser um jogo normal, contra mais um adversário. Especial seria jogar contra o Benfica, um clube que me formou. Sei que é difícil jogar no Dragão e conheço bem a equipa do FC Porto, admito que sem adeptos possa ser um pouco mais difícil para eles”, disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.