Declarações de Unai Emery, treinador do Villarreal, após a derrota diante do Liverpool.

Análise ao jogo: "Nas meias-finais tens de encontrar adversários destes, assim fortes e isso acaba por apagar o factor surpresa para nós. Era um jogo que, mesmo querendo ganhar, não conseguimos. Não nos deixaram ter o comando do jogo, não nos deixaram correr. Hoje era resistir defensivamente o máximo que pudéssemos para ter opções na segunda mão e foi isso que fizemos. Será diferente porque vamos apresentar coisas diferentes."

Veja as melhores imagens do jogo!

O que falhou no Villarreal? "Sabemos que eles são favoritos, que são melhores, mas também que podemos lutar com eles. Hoje não o fizemos e não podemos dizer nada. Mas há certas alturas em que temos de relativizar os resultados negativos. Hoje podia ter sido pior, mas também não merecíamos nada melhor. Temos de fazer com que em casa seja diferente, que apresentemos o que queremos. Hoje tínhamos um plano e a ideia não saiu. Até a bater cantos estivemos mal. Estamos aqui porque fizemos algo. Em todas as eliminatórias houve dois jogos e nesta esperamos que também."

Exibição pálida do Villarreal: "Vamos ser muito diferentes no próximo jogo. Depois do 2-0, podíamos e fomos atrás do nosso golo. Mas quando há espaços e vês do outro lado os jogadores que eles têm para jogar em transição... Vamos mudar alguma coisa na próxima semana, se calhar até a nível tático."

Resultado: "Podia ter sido pior, porque houve um golo anulado por fora de jogo, defendemos em zonas baixas, não tivemos oportunidades de golo… Ainda temos 90 minutos e vamos tentar com que seja diferente".

Segunda-mão no La Cerâmica: "Vão sofrer bem mais do que sofreram esta noite!"

O Liverpool deu esta quarta-feira um passo importante rumo à final da Liga dos Campeões de futebol, ao vencer na receção ao Villarreal por 2-0, em jogo da primeira mão das meias-finais.

Frente a uma equipa espanhola que surpreendeu nas duas rondas anteriores, ao afastar os italianos da Juventus e os alemães do Bayern de Munique, os ingleses não facilitaram e, apesar do nulo ao intervalo, 'despacharam' o Villarreal com dois golos no espaço de dois minutos, primeiro com um autogolo de Estupiñan, aos 53, e depois com um tento de Sadio Mané (55).

Os 'reds' partem com uma vantagem de dois golos para a segunda mão, a ser disputada na próxima terça-feira em Villarreal, com o vencedor a defrontar na final, agendada para 28 de maio, no Stade de France, em Paris, o vencedor do embate entre o Manchester City e o Real Madrid, na qual os ingleses vão defender a vantagem de um golo na segunda mão, depois de terem vencido em casa os espanhóis 4-3.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.