O Sporting de Braga apresentou-se com duas caras nestes primeiros 90 minutos do Play-off da Champions. Na primeira parte, conscientemente ou não, deixou-se dominar pela equipa da António Alvarez que controlou toda a primeira parte.

Ao intervalo, nos balneários do Estádio AXA deu-se magia e o segundo tempo foi completamente o inverso. Com o Sevilha desgastado foi a equipa portuguesa que passou a controlar a partida, chegando mesmo ao golo ao minuto 62, por intermédio de Matheus.

Mas nos primeiros 20 minutos de jogo, o Sevilha massacrou o Braga, que jogava com medo, numa sucessão de lances bem desenhados. Logo ao minuto quatro, o brasileiro Luís Fabiano, de cabeça, enviou a bola ao poste da baliza de Felipe.

Só nos últimos dez minutos do primeiro tempo é que a formação bracarense chegou algumas vezes, em contragolpe, até à área do Sevilha, mas as oportunidades de marcar esvaneciam-se ao aproximar da baliza de Palop.

Ao minuto 44, Matheus teve nos pés o golo que daria a vantagem ao Braga, depois de um bom arranque a isolar-se da defesa espanhola, mas o avançado brasileiro viu o guardião do Sevilha negar o golo.

No inicio da segunda parte, a balança emocional do Braga estabilizou e começou a jogar com menos receio. Mas foi o Sevilha, com uma jogada individual pela direita de Navas, que assustou os adeptos da “Pedreira” com um remate cruzado e a bola a bater nas malhas laterais da baliza minhota.

No segundo tempo, o novo Braga que todos conhecem começou a surgir no desafio, mais atrevido e criativo, e daí resultou o golo.

Ao minuto 62, Alan cruzou na direita, Paulo César cabeceou e Palop defendeu. Na recarga, Matheus também cabeceou e desta vez entrou. Os jogadores do Sevilha levantaram as mãos em direcção à equipa de arbitragem a pedir fora-de-jogo.

Depois do golo, o Braga passou a dominar por completo, com várias oportunidades flagrantes para dilatar a vantagem.

A equipa minhota joga na próxima terça-feira a segunda mão, em Sevilha, e na bagagem leva um golo marcado, sem resposta por parte da formação espanhola.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.