O treinador da Roma, Eusebio Di Francesco, considera que a sua equipa tem hipóteses de passar às meias-finais da Liga dos Campeões, apesar da derrota por 4-1 na primeira-mão dos quartos de final da competição.

"É difícil mas há que acreditar. Temos que abordar este jogo com os melhores, só depois é que começamos a pensar no dérbi do próximo fim-de-semana. Queremos tentar fazer algo importante, e dar o nosso melhor para defender as nossas cores. Por que não acreditar num milagre? Queremos redimir-nos depois do 4-1 da primeira volta", começou por dizer o treinador italiano.

"A atitude foi boa no jogo da primeira mão, mas faltou-nos eficácia. Esta equipa nunca perdeu a atitude e é um verdadeiro exército, mas o Barcelona não se construiu hoje: a sua fortaleza é a mentalidade que já têm criado há muitos anos", acrescentou o técnico italiano.

Di Francesco destacou ainda a importância do regresso de Nainggolan, que falhou o jogo da primeira-mão devido a uma lesão muscular: "Tem que motivar os colegas, mostrar que é um grande jogador, e assumir esta responsabilidade. Tem uma qualidade impressionante que sempre nos mostrou."

O jogo entre a Roma e o Barcelona está marcado para esta terça-feira às 19h45 no Estádio Olímpico, na capital italiana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.