O FC Porto caiu para terceiro lugar do Grupo G da Liga dos Campeões ao perder na Alemanha diante do Leipzig por 3-2 e apesar de ter saído da zona de qualificação para os oitavos de final da prova a história recente dos 'dragões' na 'Champions' mostra que o apuramento é possível mesmo, com três pontos em três jornadas.

A derrota em Leipzig não compromete de todo o apuramento do FC Porto para os oitavos de final da Liga dos Campeões. Os 'dragões' de Sérgio Conceição arrancaram a fase de grupos com uma derrota caseira diante do Besiktas por 3-0, mas na jornada seguinte rectificaram a 'falsa partida' com um triunfo indiscutível na casa do Mónaco, campeão francês em título, com um resultado de 3-0. Ontem, frente ao vice-campeão alemão o FC Porto acabou por voltar a perder e caiu para o terceiro lugar do grupo ficando apenas a um ponto do segundo classificado.

O Grupo G é liderado atualmente pelo Besiktas, que soma três vitórias em três jogos, seguido pelo Leipzig, com quatro pontos, e FC Porto na terceira posição com apenas três pontos. O Mónaco ainda não venceu nesta edição da Liga dos Campeões e está na última posição do grupo com apenas um ponto.

Na próxima jornada o FC Porto recebe o Leipzig no Estádio do Dragão onde terá uma excelente oportunidade para subir à segunda posição depois da derrota por 3-2. Desde que a Liga dos Campeões adoptou o sistema por grupos em 1992, o FC Porto já conseguiu por 13 vezes qualificar-se para os oitavos de final, sendo que duas dessas ocasiões conseguiu-o depois de ter apenas três pontos à terceira jornada.

Na época de 1993/1994, o FC Porto chegava à terceira jornada do Grupo B com apenas três pontos depois de uma vitória caseira diante do Werder Bremen e de duas derrotas frente a AC Milan e Anderlecht. No entanto, a equipa comandada por Bobby Robson acabaria por seguir em frente na prova em segundo lugar do grupo com duas vitórias e um empate.

Outro exemplo de recuperação do FC Porto na fase de grupos da Liga dos Campeões ocorreu na época 2008/2009 quando a equipa de Jesualdo Ferreira arrancou no Grupo G com um triunfo sobre o Fenerbahçe por 3-1 e depois somou duas derrotas consecutivas diante de Arsenal e Dínamo Kiev. À terceira jornada, os 'dragões' somavam apenas três pontos e as contas pareciam complicadas, no entanto uma série de três triunfos consecutivos permitiu ao FC Porto garantir o primeiro lugar do grupo e seguir para os oitavos de final.

Antes da recuperação da equipa de Jesualdo Ferreira, o FC Porto da época 2005/2006 também somava três pontos à terceira jornada, mas não conseguiu seguir em frente na Liga dos Campeões num grupo composto por Inter de Milão, Rangers e Petrzalka 1898. A formação comandada por Co Adriaanse entrou na fase de grupos com duas derrotas e ao terceiro jogo conseguiu a primeira vitória da prova frente ao Inter de Milão. No entanto, os 'dragões' não conseguiriam vencer os restantes jogos, somando apenas dois pontos e terminando o grupo na última posição.

Mais recentemente, o FC Porto da época 2013/2014 também terminou a terceira jornada da fase de grupos com três pontos e não conseguiu garantir o apuramento para os 'oitavos' num grupo composto por Áustria de Viena, Zenit e Atlético de Madrid, terminando em terceiro lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.