O FC Porto defronta, esta terça-feira, o 'estranho' RB Leipzig, para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Será a primeira vez que as duas equipas se defrontam, mas já é longo o historial de confrontos entre ‘dragões’ e formações alemãs. Os pratos da balança estão, neste momento, equilibrados: em 31 jogos, o conjunto ‘azul e branco’ soma 12 vitórias, sete empates e 12 derrotas.

O último confronto do FC Porto com germânicos ocorreu há duas épocas, para a Liga Europa, eliminatória disputada com o Borussia Dortmund, para os 1/16 avos de final, em fevereiro de 2016. Uma jornada para esquecer para a equipa então orientada por José Peseiro - derrota por 2-0 na Alemanha (golos de Piszczek e Reus) e derrota por 1-0 no Dragão (infelicidade de Casillas e golo de Aubameyang).

Os últimos 12 encontros entre FC Porto e equipas alemãs – quatro para a Liga dos Campeões e dois para a Liga Europa – traduzem esse mesmo equilíbrio: cinco vitórias portistas, dois empates e cinco derrotas.

Mas mais do que um equilíbrio de forças, a história de duelos com equipas alemãs acaba, também, por ter um cariz especial para os adeptos portistas. Começando pelo Bayern Munique e pela histórica final de Viena, onde a 27 de Maio de 1987, Madjer e Juary marcaram os golos que levaram os ‘dragões’ a erguer a sua primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus – vitória por 2-1.

A vitória em Bremen, em março de 1994, para a Liga dos Campeões, por expressivos 5-0 (golos de Rui Filipe, Kostadinov, Secretário, Domingos e Timofte), é também uma página de ouro da história europeia portista.

O último triunfo dos ‘dragões’ ante uma equipa germânica foi a 15 de abril de 2015, para os quartos de final da Champions, por 3-1. No encontro da primeira mão, disputado no Dragão, Ricardo Quaresma, por duas ocasiões, e Jackson Martínez, levaram os adeptos ‘azuis e brancos’ ao rubro, com Thiago Alcântara a apontar o golo de honra dos bávaros.

O caso mudou de figura em Munique, com o conjunto de Pep Guardiola a golear os ‘dragões’ por 6-1 – marcaram Thiago Alcântara, Boateng, Lewandowski (2), Thomas Müller e Xabi Alonso; Jackson Martínez ainda marcou na Allianz Arena, mas sem efeitos práticos.

A um dia da visita ao Leipzig, o FC Porto aproveitou a deixa para recordar os melhores golos marcados em solo germânico na liga milionária: o remate de fora da área, de primeira, de Lucho Gonzalez, na vitória frente ao Hamburgo por 3-1, na época 2006/07; o cabeceamento de Mário Jardel, no Olímpico de Munique (2000/01), a igualar a eliminatória com o Bayern nos quartos de final; o ‘míssil’ de fora da área de Rui Filipe, em 1994, na já referida goleada por 5-0 sobre o Werder Bremen; a ‘cavalgada’ de Cleyton, que passou por meia equipa do Hertha Berlim em 1999/2000 antes de bater o guarda-redes contrário para o único tento da partida; e, por fim, o derradeiro golo de Deco, na vitória por 3-0 sobre o Mónaco, na final da Liga dos Campeões em 2004.

O encontro entre Leipzig e FC Porto está marcado para as 19h45 desta terça-feira e terá arbitragem do italiano Paolo Tagliavento.

*Artigo publicado no dia 16 de outubro, às 18h30.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.