Frederik Aursnes foi o jogador escolhido para fazer a antevisão da partida do Benfica diante do Maccabi-Haifa, relativa à sexta e última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O norueguês regressa a um estádio onde jogou na época passada e antevê um ambiente difícil.

"Vai ser um jogo difícil, certamente. Já joguei lá, na última temporada, e foi difícil. Tem bons adeptos, uma boa atmosfera, e, quando vieram cá, demonstraram que são uma boa equipa", disse Aursnes.

O jogador tem sido ultimamente utilizado como extremo por Roger Schmidt, apesar de ser um médio centro por natureza. Aursnes sente-se confortável em ocupar qualquer uma das posições em campo.

"Tenho jogado mais no centro, mas, sinceramente, gosto de jogar em ambas as posições. Sou polivalente, consigo lidar com ambas as posições e tento fazê-lo à minha maneira, não tanto como extremo clássico", afirmou.

Apesar de ser difícil, o Benfica ainda pode aspirar à conquista do primeiro lugar do grupo; o médio prefere olhar para a missão dos encarnados e só depois se terá em conta as contas do grupo.

"Queremos ganhar o jogo. Vamos ver o que acontece no outro jogo. Temos apenas de concentrar-nos em nós mesmo, tentar ganhar e ver o que acontece", realçou o norueguês.

O Maccabi recebe o Benfica na próxima quarta-feira, em Haifa, com a partida a ter início às 20h.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.