O treinador do Manchester City afirmou hoje que "tudo pode acontecer" em eliminatórias a um só jogo e rejeitou que haja favoritos na ‘final a oito' da Liga dos Campeões de futebol, que decorre em Lisboa.

"Todos os jogos são finais. Vimos o quão equilibrados foram os dois primeiros jogos dos quartos de final e amanhã [sábado] não será diferente. Numa eliminatória a um só jogo, qualquer erro pode custar caro", disse Pep Guardiola, em conferência de imprensa.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

O técnico, que fazia a antevisão do encontro com o Lyon, o último dos quartos de final, agendado para sábado, no Estádio José Alvalade, acredita que o favoritismo dos grandes clubes se dilui num formato de eliminatórias a um só jogo.

"Os clubes de elite, como FC Barcelona, Real Madrid, Bayern Munique, além de outros ingleses ou franceses, estarão sempre presentes nestas fases da competição, mas num só jogo tudo pode acontecer. Numa competição normal, com jogos a duas mãos, é difícil vencer estas equipas nos seus estádios, mas num só jogo tudo pode acontecer", referiu o técnico.

O City, de Bernardo Silva e João Cancelo, chegou a esta fase da competição depois de eliminar o Real Madrid, nos ‘oitavos', mas Pep Guardiola fez questão de salientar que esse desempenho não dá mais favoritismo aos ‘citizens'.

"Foi muito importante para nós ultrapassar o rei desta competição, deu-nos muita confiança. No entanto, não há favoritos neste momento. Em dois jogos, os favoritos podem ter vantagem, mas, assim, tudo muda", reforçou o treinador que conduziu o FC Barcelona aos títulos europeus de 2009 e 2011.

Ainda à procura do primeiro troféu da ‘Champions' pelo Manchester City, Guardiola confia que a equipa pode atingir a final da presente edição e deixou um desejo: "Esperamos ficar mais uns dias neste belo país”.

Já o central Aymeric Laporte assegurou que "a equipa está preparada" para o embate com o Lyon, antevendo "uma luta" em Alvalade, perante um adversário "com muito bons jogadores".

"Estamos focados nesta competição e queremos seguir em frente. Amanhã [no sábado] temos de lutar e só assim conseguiremos levar de vencida o nosso adversário. Esta é uma das competições mais importantes do mundo, se não mesmo a mais importante, e vamos fazer tudo para conseguir alcançar este troféu", disse o internacional francês, que também tem nacionalidade espanhola.

A partida entre Manchester City e Lyon tem início marcado para as 20:00, no Estádio José Alvalade, e será dirigida pelo árbitro holandês Danny Makkelie.

O vencedor deste confronto vai encontrar nas meias-finais FC Barcelona ou Bayern Munique, os dois únicos campeões europeus ainda em prova, que se defrontam hoje, no Estádio da Luz.

Nas 'meias', agendadas para 18 e 19 de agosto, já estão o Paris Saint-Germain e o Leipzig, que eliminaram Atalanta e Atlético de Madrid, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.