O português Jorge Jesus ultrapassou hoje o sueco Sven-Goran Eriksson na liderança dos treinadores do Benfica com mais jogos nas competições europeias de futebol, ao somar o 40.º face ao Zenit (2-0), na Luz.

Depois de já ter ultrapassado o ex-selecionador inglês em número de triunfos (somou hoje o 22.º, contra 20 do sueco), Jesus passa a “mandar” isolado no número de encontros, no dia em que festejou o apuramento para os “quartos” da “Champions”.

Jesus, que tem mais dois jogos “garantidos”, está a cumprir apenas a terceira época nos “encarnados”, enquanto Eriksson precisou de cinco para atingir os 39 jogos.

O sueco tem, porém, um percurso mais valioso, com duas presenças em finais, ambas perdidas, a primeira na Taça UEFA

(1982/83), face aos belgas do Anderlecht (0-1 fora e 1-1 em casa), e a segunda na Taça dos Campeões (1989/90), frente aos italianos do AC Milan (0-1 em Viena).

Por seu lado, o técnico luso levou o Benfica a umas meias-finais, a época passada, na Liga Europa: no primeiro confronto de sempre entre equipas portuguesas, o conjunto da Luz foi afastado pelo Sporting de Braga (2-1 em casa e 0-1 fora), que perderia a final com o FC Porto.

Jesus pode, agora, repetir esse feito, mas na Liga dos Campeões, precisando para isso de ultrapassar mais uma eliminatória.

Destaque ainda para a curiosidade de os dois técnicos ostentarem cada qual 71 golos marcados, merecendo ainda grande destaque os números caseiros do técnico luso, que conta 80 por cento de triunfos na Luz (16 em 20).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.