Em declarações na conferência de imprensa de antevisão do jogo da Champions entre FC Porto e Barcelona, João Cancelo assumiu que embora seja benfiquista não há motivação extra quando defronta os azuis e brancos.

"Não penso assim. Sou do Benfica, que é o maior rival do FC Porto, mas, agora, sou do Barcelona e defendo estas cores. Não penso nisso. Quero os três pontos para o Barcelona", assumiu.

O internacional português abordou ainda o confronto entre as duas equipas e as críticas das quais tem sido alvo.

"O FC Porto, no primeiro jogo, causou-nos dificuldades pela forma como jogou. Conhecemos o treinador [Sérgio Conceição], gosta de jogar de forma intensa, e vamos tentar encontrar os pontos fracos deles. Será um jogo difícil, seguramente", acrescentou.

"Pessoalmente, não me afetam, porque já sou veterano, mas temos jogadores muito jovens. Há que saber lidar com a pressão, porque só assim conseguiremos grandes feitos. Comecei bem, e não penso que, agora, esteja mal. É um momento não tão bom de todos, mas isto não se resolve do ponto de vista individual, mas sim do coletivo".

O lateral abordou ainda o momento de João Félix na equipa elogiando a atitude e a mentalidade do avançado português. "Os avançados precisam de marcar golos, mas João Félix tem uma grande atitude e faz grandes treinos. Se marcar amanhã, será novamente o melhor do mundo, é assim o futebol. Ele tem a mentalidade certa".

"Não acho que nos falte uma mentalidade vencedora, porque sempre vi o Barça ganhar. Temos uma equipa muito jovem e não tem a experiência dos mais velhos. No entanto, isso vai-se adquirindo, ano após ano", completou.

O Barcelona defronta, esta terça-feira, o FC Porto, às 20h.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.