Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, após a goleada sofrida em casa frente ao Ajax, na 1.ª ronda da Champions.

Entrar logo a perder: "Sofre golo logo no primeiro minuto, depois temos de ir atrás e eles estavam confortáveis. Equipa algo inexperiente. Tentámos dar a volta, sofremos o terceiro, fizemos um que foi anulado e poderia mudar o jogo. Depois sofremos o quarto e não soubemos gerir. Tenho muito orgulho neles, são muito corajosos. Disse para fecharem em 5x4x1 e eles não quiseram. Ajax foi melhor."

Sporting sem Coates e depois sem Inácio: "Foi complicado. Foi tudo. São jogadores importantes. É uma noite infeliz que acontece. É um grande sofrimento para os jogadores. Há que olhar para isto como sendo futebol e seguir em frente."

De possível 2-3 para 1-4: "Mata o jogo, seria diferente se contasse. Anulando o nosso golo [de Paulinho] e sofrendo a seguir, acabou o jogo. Jogadores estiveram a sofrer em campo e há jogos assim. Eles são homens, já se viu no ano passado. Já fizeram muito, vamos crescer. É o que é."

O Sporting foi, esta quarta-feira, goleado em casa pelos holandeses do Ajax por 5-1, em encontro da primeira jornada do Grupo C da Liga dos Campeões em futebol, disputado no Estádio José Alvalade, em Lisboa. No outro jogo do agrupamento, o Borussia Dortmund, próximo adversário dos 'leões', em 28 de setembro, na Alemanha, venceu por 2-1 no reduto dos turcos do Besiktas.

Sébastien Haller, autor de quatro golos, aos 02, 09, 51 e 63 minutos, e Steven Berghuis, que marcou aos 39, selaram o triunfo do Ajax, enquanto Paulinho faturou, aos 33, para os ‘leões’, que não atuavam na ‘Champions’ desde 2017/18.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.