O Benfica defronta hoje na Grécia o PAOK Salónica, de Abel Ferreira, naquele que é o primeiro ‘obstáculo’ no caminho até à 11.ª presença consecutiva na fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol.

O duelo da terceira pré-eliminatória da ‘Champions’, disputada apenas a uma mão devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, será também o primeiro jogo oficial do técnico Jorge Jesus desde que regressou ao comando dos ‘encarnados’.

O vice-campeão português está obrigado a bater o também vice-campeão grego, de Abel Ferreira, que está a iniciar a segunda época no clube, para ganhar o direito de defrontar os russos do Krasnodar nos ‘play-offs’, numa eliminatória que já será a duas mãos, e continuar na luta pelo acesso à fase de grupos, que financeiramente garante logo ao apurado mais de 40 milhões de euros.

Historicamente, o clube lisboeta soma por triunfos os três jogos disputados no reduto do PAOK Salónica, tendo vencido no Estádio Toumba em 1999/2000, por 2-1, em 2013/14, na primeira passagem de Jorge Jesus pela Luz, por 1-0, e, na anterior tentativa de chegar à ‘Champions’, em 2018/19, por expressivos 4-1.

O encontro entre o Benfica e o PAOK realiza-se a partir das 21:00 locais (19:00 em Lisboa), com arbitragem do alemão Felix Brych.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.