O FC Porto entra na última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol ‘quase’ apurado para os ‘oitavos’, numa ronda em que Sporting de Braga tenta o ‘milagre’ e Benfica o ‘consolo’ da Liga Europa.

O contexto das três equipas portuguesas é muito diferente para a sexta e última jornada, desde logo com os ‘dragões’ a precisarem apenas de um empate na receção de quarta-feira aos ucranianos do Shakhtar Donetsk.

Com as duas equipas com os mesmos nove pontos no Grupo H, o FC Porto tem a vantagem de ter vencido o Shakhtar fora no primeiro jogo (3-1), sendo o confronto direto o primeiro critério de desempate caso exista uma igualdade de pontos.

Na terça-feira, o Sporting de Braga enfrenta um cenário em que precisa de vencer no Grupo C o Nápoles por dois golos de diferença, igualando os sete pontos da equipa italiana e ainda superar o confronto direto, depois de ter perdido em casa por 2-1.

Para a equipa minhota em aberto está também a Liga Europa, que não está garantida, com o Sporting de Braga (quatro pontos) a precisar no mínimo de um empate, se o Union Berlim (dois pontos) vencer em casa o já apurado Real Madrid.

Já o Benfica, no mesmo dia e sem qualquer hipótese de seguir na ‘Champions’, está obrigado a vencer por dois golos na visita aos austríacos do Salzburgo, para garantir o terceiro lugar no Grupo D e a ida ao ‘play-off’ de acesso aos ‘oitavos’ da Liga Europa.

Se triunfar por dois golos, o Benfica iguala o Salzburgo em pontos, e as duas equipas ficariam com o mesmo saldo entre golos marcados e sofridos, entrando no desempate o maior número de golos marcados, com vantagem das ‘águias’.

A última jornada da fase de grupos da ‘Champions’ começa com 12 equipas já apuradas entre as 16 possíveis, casos de Bayern Munique, Arsenal, PSV, Real Madrid, Real Sociedad, Inter Milão, Atlético de Madrid, Lazio, Borussia Dortmund, Manchester City, Leipzig e FC Barcelona.

FC Porto e Sporting de Braga são candidatos a duas das quatro ‘vagas’ restantes, bem como Copenhaga (cinco pontos), Galatasaray (cinco) e Manchester United (quatro) no ‘complicado’ Grupo A, e Paris Saint-Germain (sete), Newcastle (cinco) e Milan (cinco) no difícil Grupo F.

O Manchester United, de Bruno Fernandes e Diogo Dalot, recebe na terça-feira o ‘descansado’ Bayern Munique, com vitória no grupo garantida, e o Copenhaga, de Diogo Gonçalves, joga em casa diante do Galatasaray, de Sérgio Oliveira, com as duas equipas empatadas em pontos, no primeiro jogo e na diferença entre golos marcados e sofridos.

No Grupo F, o PSG, de Nuno Mendes, Danilo, Vitinha e Gonçalo Ramos, visita na quarta-feira o Borussia Dortmund, apurado, mas sem o primeiro lugar garantido, e o Newcastle recebe o AC Milan, de Rafael Leão, com ambos com cinco pontos.

Aos ingleses e italianos apenas a vitória interessa, além de estarem ‘reféns’ do resultado do PSG no Parque dos Príncipes, com os franceses a terem vantagem, em caso de igualdade de pontos, para o AC Milan, e desvantagem para o Newcastle.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.