O treinador do Mónaco ficou muito satisfeito com a exibição dos seus jogadores, na noite em que venceu o Valência, mas lamentou o facto de não ter conseguido entrar na fase de grupos da Champions.

"Sofremos um golo muito cedo, que deu alguma intranquilidade à nossa equipa e não fomos capazes de fazer o terceiro na 2.ª parte, em que estivemos melhor.O futebol de alta competição é feito de erros e os erros pagam-se caro. Na segunda parte tentámos com maior pressing, mas não o conseguimos. Há um bom remate do Lemar, uma boa oportunidade do Carrillo, mas não fomos eficazes", referiu o treinador português.

"Normalmente, os jogadores quando não fazem um bom jogo não ficam contentes. Depois dos 20’, conseguimos ser superiores. Na segunda parte aumentámos a pressão, mas não tivemos a capacidade de fazer o terceiro golo. A equipa deu o máximo e por isso estou contente com a atitude deles, mas insatisfeito por não ter passado a eliminatória”, acrescentou.

O Valência apurou-se, esta terça-feira, para a fase de grupos da Liga dos Campeões mesmo tendo perdido (2-1) na segunda mão do play-off, uma vez que triunfou com uma vantagem maior (3-1) na semana passada. No total, os espanhóis ultrapassam a eliminatória (4-3) e farão parte do sorteio da próxima sexta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.