O Benfica regressa na quarta-feira à Liga dos Campeões em futebol, competição que tem sido um verdadeiro ‘pesadelo’ para o clube da Luz, já obrigado a vencer na receção ao Lyon, na terceira jornada do Grupo G.

Das palavras, carregadas de ambição e sonhos, do presidente Luís Filipe Vieira, aos atos, uma série de derrotas e exibições confrangedoras da equipa, vai um ‘abismo’, que ameaça ‘traduzir-se’ numa terceira queda consecutiva na fase de grupos.

Com duas derrotas (1-2 na receção ao Leipzig e 1-3 no reduto do Leipzig), o ‘onze’ de Bruno Lage está já a quatro pontos dos russos do Zenit e dos gauleses do Lyon e a três dos alemães do Leipzig, pelo que urge um triunfo, palavra que raramente tem ‘rimado’ com os ‘encarnados’.

Os últimos confrontos com o Lyon

Benfica e Lyon apenas se defrontaram por duas vezes, na temporada 2010/2011, também na fase de grupos da Liga dos Campeões.

No primeiro encontro, no reduto dos franceses, o Benfica perdeu por 2-0. Jimmy Briand aos 22 minutos e Lisandro López aos 51 apontaram os golos do Lyon.

Já no Estádio da Luz, os encarnados tiveram melhor sorte e saíram do relvado com uma vitória por 4-3. Alan Kardec (20'), Fábio Coentrão (32' e 67') e Javi Garcia (42') marcaram os tentos do Benfica, enquanto Yoann Gourcuff (74'), Bafétimbi Gomis (84') e Dejan Lovren 90+4') fizeram os golos dos franceses.

Nessa edição da liga milionária, o Benfica ficou pela fase de grupos ao terminar em terceiro lugar do conjunto com seis pontos em seis jogos. Já o Lyon passou aos oitavos de final no segundo lugar do grupo com dez pontos.

Histórico de confrontos com equipas francesas

O embate mais recente dos encarnados com emblemas gauleses remonta à edição 2014/2015 da Liga dos Campeões, quando o Benfica ficou no grupo C com o Mónaco. No primeiro encontro, no terreno dos monegascos, as equipas empataram a zeros. Já na partida no Estádio da Luz, o Benfica saiu vitorioso com um golo de Talisca aos 82 minutos.

No entanto, a vitória com o Mónaco não foi o suficiente para levar a equipa lisboeta aos oitavos de final. O Benfica terminou o grupo em último lugar com cinco pontos, enquanto os gauleses ficaram em primeiro com 11 pontos e seguiram para a fase seguinte.

Na edição anterior, em 2013/2014, a histórica já tinha acontecido. O Benfica tinha também ficado no grupo C, mas desta feita com o Paris Saint-Germain. Na capital francesa, os encarnados saíram derrotados por 3-0, com golos de Ibrahimovic (5' e 30') e Marquinhos (25'). Já na Luz, o Benfica conseguiu uma vitória por 2-1, com golos de Lima (g.p. 45') e Gaintán (58'), já Cavani fez o tento francês (37').

Também desta vez os encarnados ficaram pela fase de grupos. O Benfica alcançou apenas o terceiro lugar do grupo com 10 pontos, enquanto o PSG seguiu em frente com 13 pontos e o primeiro lugar do conjunto.

Já o primeiro dos encontros entre o Benfica e os franceses neste século remonta à longínqua temporada de 2005/2006, na qual os encarnados enfrentaram o Lille na fase de grupos.

Em casa, o Benfica venceu por 1-0, com um golo de Fabrizio Miccoli aos 90+2 minutos de jogos. Já na visita a França, o jogo terminou sem golos. Nesse ano, o Benfica ficou em 2º lugar do grupo com oito pontos e passou aos oitavos de final, já o Lille ficou pelo caminho.

Andando ainda mais para trás, também na época 1989/1990 o Benfica 'calhou' com uma equipa francesa. Na Taça dos Campeões Europeus, os encarnados enfrentaram o Marselha nas meias-finais. Em Lisboa, Vata (82') fez o golo que deu a vitória ao Benfica, já em França, Sauzéé (13') e Jean-Pierre Papin (44') fizeram os golos da equipa da casa e Lima (10') o dos encarnados.

Nesse ano, o Benfica seguiu para a final, onde acabaria por perder por 1-0 com os italianos do AC Milan.

Contas feitas

Nos últimos dez encontros com equipas francesas para a Liga dos Campeões, o Benfica nunca perdeu em casa. Em cinco jogos em Lisboa, os encarnados nunca perderam. Já fora da sua 'fortaleza', a história é diferente. Em cinco jogos longe do seu reduto, o Benfica perdeu três e empatou dois.

Concluindo, nos últimos dez jogos com equipas francesas, o Benfica nunca perdeu em casa, mas também nunca ganhou fora.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.