O Manchester City visita esta quarta-feira o terreno do Real Madrid na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, num encontro que colocará frente a frente a equipa com maior historial na prova e uma das que há muito sonha em erguer o ceptro europeu.

O City apenas por uma vez foi além dos quartos de final da mais importante prova europeia de clubes, quando atingiu as meias-finais em 2016, sendo então eliminado precisamente pelo Real. A turma de Manchester irá em busca de desforra neste que será, assim, um duelo bem diferente em termos de história que teremos pela frente no Santiago Bernabéu, a partir das 20h00.

A turma de Josep Guardiola terá, além disso, outro ponto a provar, sendo este o seu primeiro jogo europeu desde que foi conhecido o castigo aplicado aos 'citizens' por parte da UEFA por culpa de violações às regras do fair play financeiro e que se poderá contribuir para adiar ainda mais a há muito sonhada afirmação do Manchester City no panorama europeu.

Bernardo Silva, João Cancelo e companhia tentarão mostrar que o lugar do City é mesmo nestes grandes palcos, nesta que - caso o castigo aplicado pela UEFA vá mesmo avante - será a última presença do clube na Liga dos Campeões antes da ausência 'forçada' de duas temporada, período de duração da sanção aplicada ao clube inglês pelo órgão máximo do futebol europeu.

City nunca ganhou ao Real

Para além da eliminação nas meias-finais da Liga dos Campeões de 2015/16 ante o Real, fruto de um nulo em Manchester na primeira mão e de uma derrota no Santiago Bernabéu por 1-0 devido a um autogolo de Fernando, o City também defrontou os 'merengues' na fase de grupos em 2012/13. O Real Madrid venceu, então, por 3-2 em Espanha, num jogo em que o City esteve duas vezes em vantagem, graças aos golos de Edin Džeko e Aleksandar Kolarov, com os madrilenos a responderem por Marcelo e Karim Benzema, antes de Cristiano Ronaldo decidir o encontro em cima do minuto 90. O jogo em Manchester terminou empatado 1-1, com Sergio Agüero a marcar de penálti depois de Benzema abrir o ativo.

Efetivamente, o City jogará mesmo contra a história esta quarta-feira. Em 14 jogos disputados até à data em solo espanhol para as provas da UEFA, o conjunto inglês apenas venceu três, perdendo dez, e apenas se apurou numa das cinco eliminatórias a duas mãos que disputou nas competições europeias contra formações espanholas, incluindo as últimas quatro.

O Real Madrid, por seu lado, soma oito apuramentos e apenas quatro eliminações em embates a duas mãos com clubes ingleses nas provas da UEFA, tendo levado a melhor nos três mais recentes.

Zidane nega mau momento do Real, Guardiola pede concentração

Zinédine Zidane, treinador do Real Madrid: "Só porque averbámos um par de maus resultados, isso não significa que estejamos assim tão mal. Este é o tipo de jogos que queremos disputar e estamos prontos para fazer um grande trabalho. Muitas equipas gostam de ter a bola [como o City costuma fazer]. Eles são uma equipa poderosa e temos de conseguir fazer frente a esses pontos fortes. Não vamos mudar a nossa forma de jogar. Vamos focar-nos naquilo que nos interessa fazer em campo."

Josep Guardiola, treinador do Manchester City: "Temos de ser fortes, mostrar qualidade e ter sorte. Temos de ter uma concentração incrível no nosso jogo e no plano que traçámos, assim como tentar ter um pouco de sorte".

"Onzes" prováveis

Real Madrid: Courtois: Carvajal, Varane, Ramos, Mendy; Modrić, Valverde, Casemiro, Kroos; Vinícius Júnior, Benzema
De fora: Asensio (forma física), Hazard (tornozelo)

City: Ederson; Walker, Fernandinho, Laporte, Zinchenko; De Bruyne, Rodri, Gündoğan; Mahrez, Agüero, B. Silva
Em dúvida: Sterling (tendão da coxa), Sané (forma física)
Em risco de exclusão: Mendy

O encontro tem o pontapé de saída marcado para as 20h00, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.