O PSG foi a Old Trafford vencer por 3-1 em partida da 5.ª jornada do Grupo H da Liga dos Campeões, igualando o Manchester United no topo da classificação e deixando tudo em aberto para uma derradeira jornada que se espera emocionante na luta pela passagem aos oitavos de final.

PSG entra a marcar

A três pontos do adversário na classificação à entrada para esta 5.ª jornada, o PSG entrou a correr atrás do prejuízo e cedo recebeu os dividendos, ganhando vantagem logo aos seis minutos. Mbappé rematou, a bola foi desviada por Maguire sobrou para Neymar que, de primeira, abriu o marcador em Old Trafford.

Aos poucos, porém, os parisienses perderam fulgor e o United reagiu, com Bruno Fernandes a dar o exemplo, com dois perigosos remates. Mas o golo do empate haveria de vir dos pés da 'besta negra' do PSG, Marcus Rashford.

Fanstasma 'Rashford' assombra parisienses...pela terceira vez

O internacional inglês já tinha marcado, nos oitavos de final da edição de 2018/19 da Liga dos Campeões, aos 90+4, um golo que ditou a eliminação do conjunto parisiense e tinha sido também ele a marcar o golo da vitória do United em Paris na primeira volta. Desta feita rematou rasteiro, o disparo até parecia não levar perigo, mas a bola desviou em Danilo e acabou no fundo das redes. Foi o sexto golo de Rashford na presente edição da prova, igualando o norueguês Haaland no topo da lista de melhores marcadores.

Trave impede vingança de Cavani e é o PSG quem ri por último

O resultado não sofreu mais alterações no primeiro tempo e a segunda parte começou com o United bem mais perigoso. Martial, em excelente posição, atirou para as nuvens logo a abrir, antes de Cavani, titular frente à sua ex-equipa, ver a trave negar-lhe o golo, numa tentativa de chapéu plena de classe a Keylor Navas.

Não marcou o United, acabou por marcar o PSG. Na sequência de um pontapé de canto, o United até começou por afastar a bola, mas o PSG insistiu e o esférico acabou por chegar a Marquinhos, que aproveitou para colocar os campeões franceses a vencer por 2-1.

Novo golpe para o United e tudo em aberto na classificação

Um minuto depois, a vida ficou ainda mais complicada para o conjunto da casa, com a expulsão de Fred, por acumulação de amarelos. Bruno Fernandes, de cabeça, ainda tentou o empate, mas Navas segurou sem problemas e acabou por ser o PSG a dilatar a vantagem já nos descontos, com Neymar a bisar na partida, ganhando assim vantagem no confronto direto com os 'red devils' (que no Parque dos Príncipes tinham ganho por 2-1).

O resultado deixa PSG, United e Leipzig todos empatados no topo da classificação do Grupo H, todos com 9 pontos. Na derradeira jornada, marcada já para a próxima terça-feira, 8 de dezembro, o PSG recebe o já eliminado  Istanbul Basaksehir e, se ganhar, tem o apuramento garantido. Já o United visita o Leipzig num verdadeiro 'mata mata' que só muito dificilmente terminará com as duas equipas apuradas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.