O treinador do Chelsea, Thomas Tuchel, considerou hoje importante a experiência de ter vencido na última época a ‘Champions’, mas afastou a condição de favorito do clube londrino de futebol para a nova temporada.

“Talvez haja muitas expectativas sobre nós. O ano passado tínhamos um rótulo de ‘não favoritos’ e lidámos bem com cada jogo. Agora, veem-nos como um candidato real”, lançou o técnico alemão na conferência de imprensa de lançamento do duelo frente à Juventus, na segunda jornada da ‘liga milionária’.

O conjunto inglês venceu o primeiro jogo do Grupo H da Liga dos Campeões frente aos russos do Zenit por 1-0, enquanto a turma italiana bateu os suecos do Malmö por 3-0.

“Agora é mais fácil considerarem-nos favoritos. Temos a experiência, que é um ponto muito importante, e todos estão motivados quando jogam contra nós. É algo que temos que aceitar. Não somos favoritos para este título”, vincou Tuchel.

Na deslocação a Turim, o Chelsea, que conquistou em maio último no estádio do Dragão, no Porto, o título de campeão europeu frente aos compatriotas do Manchester City (1-0, golo do alemão Havertz), conta com várias baixas, como Mason Mount, N’Golo Kanté, Reece James e Christian Pulisic.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.