A derrota do FC Porto frente ao Liverpool na noite desta terça-feira, por 5-1, no Estádio do Dragão, marcou o regresso dos dragões às derrotas - algo que não acontecia desde abril, quando a equipa de Sérgio Conceição perdeu frente ao Chelsea, também para a Champions, por 2-0.

Além de marcar a primeira derrota do FC Porto em vários meses, o encontro de ontem foi ainda a terceira vez desde 2017/2018, que os dragões perdem por mais de três golos, o que aconteceu sempre com o Liverpool. Foi ainda a segunda vez na história que o FC Porto sofreu cinco golos em casa na Europa.

Antes de 2017/2018, a equipa portista não tinha sequer perdido em casa por mais de dois golos nas competições europeias. Mas, nos últimos cinco anos, tal sucedeu em três ocasiões, todas elas aos pés dos 'reds.'

As últimas goleadas sofridas pelos dragões em casa aconteceram em 2018 e 2019. A 14 de fevereiro de 2018, nos oitavos de final da liga milionária, Mané (25', 53' e 85') e Salah (29' e 69') esmagaram a equipa portista.

Conceição tem razão nas críticas aos seus jogadores? Veja ou reveja os golos do FC Porto-Liverpool
Conceição tem razão nas críticas aos seus jogadores? Veja ou reveja os golos do FC Porto-Liverpool
Ver artigo

Já a 17 de abril de 2019, nos quartos de final da Champions, os dragões perderam por 4-1. Mané e Salah voltaram a ser os carrascos do FC Porto, aos quais se juntaram ainda os golos de Firmino e Van Dijk.

Assim sendo, nas últimas três vezes que visitou a Invicta, o Liverpool apontou 14 golos na casa do FC Porto, todos desde que Sérgio Conceição está ao leme da equipa.

As piores derrotas

Antes disso, o Besiktas tinha sido o último adversário europeu a marcar pelo menos três golos, o que remonta à temporada 2017/2018, quando os turcos venceram por 3-1, na jornada de abertura da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Já num passado mais longínquo, o Artmedia, da Eslováquia, tinha vencido por 3-2 na época 2005/2006, numa altura em que a equipa do FC Porto era treinada pelo holandês Co Adrianse.

Antes disso, o Real Madrid, ainda no extinto Estádio das Antas, venceu os portistas por 3-1 a 1 de outubro de 2003, na temporada em que o FC Porto acabaria por vencer a ‘Champions’ com José Mourinho ao comando.

Derrotas volumosas fora de portas

Apesar de dentro de portas esta estatística ser invulgar, o FC Porto já registou outras derrotas com números volumosos em deslocações ao estrangeiro para as provas da UEFA.

Em 2014/2015, quando Julen Lopetegui ainda comandava os ‘dragões’, o Bayern Munique 'humilhou' em casa os portistas por 6-1 depois de ter perdido por 3-1, o mesmo resultado registado em Atenas na deslocação ao terreno do AEK na época 1978/1979.

FC Porto 1-5 Liverpool: Dragão fez anos e acabou a distribuir prendas
FC Porto 1-5 Liverpool: Dragão fez anos e acabou a distribuir prendas
Ver artigo

Em outras três ocasiões registou-se um 0-5 nos encontros frente ao Hannover (1965/1966), PSV (1988/1989) e Arsenal (2009/2010). Noutros seis encontros, o FC Porto foi goleado por 0-4 frente ao Slovan Bratislava, Anderlecht, Manchester United, Real Madrid, Arsenal e Manchester City.

No que toca a emblemas lusos, o Nacional da Madeira venceu por 4-0 na temporada 2004/2005, o mesmo aconteceu com Unidos de Lisboa (2-6) e Belenenses (2-6)nos anos 40, quando o FC Porto ainda jogava no Campo do Lima, e outra vez os ‘azuis do Restelo’, em 1974/1975, no Estádio das Antas, foram os outros clubes que marcaram quatro ou mais golos em casa dos ‘portistas’.

Resumindo, a derrota de ontem marcou a 4ª vez na história que o FC Porto sofreu mais de cinco golos no seu reduto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.