O treinador alemão do Schalke 04, Felix Magath, classificou hoje como “extraordinária” a equipa do Benfica, na véspera do confronto com os campeões portugueses, na segunda jornada da Liga dos Campeões em futebol.

“O Benfica é uma equipa extraordinária”, frisou Magath, desvalorizando o mau início de época dos “encarnados”, o que na sua opinião se deve ao facto de ter tido muitos jogadores presentes na fase final do Mundial de 2010.

O técnico germânico explicou: “Tal como outros clubes, não tem conseguido os melhores resultados no campeonato, o que, acho, se deve ao facto de muitos dos jogadores que participaram no Mundial não estarem ainda na melhor forma”.

A “Champions” não é, no entanto, o campeonato, de acordo com Magath: “Como se sabe, a Liga dos Campeões é uma competição em que os jogadores, devido à atmosfera, jogam nos limites”.

“Por isso, acho que o Benfica irá apelar a todo o seu potencial. Espero um adversário muito forte, que temos de combater”, frisou o treinador alemão.

De acordo com Magath, é preciso ter muita atenção ao ataque dos portugueses: “O Benfica tem muito futebol e está em condições de marcar fora, com a sua ofensiva e jogadores como Aimar, Saviola e Cardozo, um avançado fortíssimo”.

“O ataque é o ponte forte do Benfica e, por isso, não podemos deixá-los jogar”, alertou o técnico, dando a receita: “Temos de tomar a iniciativa e empurrar o jogo para o meio-campo do Benfica”.

O encontro entre o Schalke 04 e o Benfica, da segunda jornada do Grupo B da Liga dos Campeões, realiza-se quarta-feira, em Gelsenkirchen, pelas 20:45 locais (19:45 em Lisboa).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.