Jurgen Klopp afirmou este domingo que pediu desculpa a Marco Silva pelos festejos efusivos no golo de Origi aos 90+6', que decidiu o dérbi de Merseyside, mas o treinador português diz não se apercebeu do gesto do técnico do Liverpool.

"Não, ele não me pediu desculpas", começou por dizer Marco Silva em conferência de imprensa. "Os vossos colegas já me perguntaram, mas, para ser sincero, eu não vi. Não sei o que ele fez e como fez", frisou o treinador do Everton que diz compreender o porquê de Klopp ter festejado daquela forma.

"Acho que ele também já não esperava nada do jogo. Foi um dia de sorte para ele, mas o futebol é isso mesmo (...) Talvez depois de ver as imagens possa falar melhor", acrescentou.

Um golo marcado no último dos seis minutos de compensação, permitiu ao Liverpool derrotar o Everton e vencer o dérbi de Merseyside . O único golo deste jogo da 14.ª ronda da Premier League foi apontado pelo suplente Divock Origi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.