O clube ucraniano Metalist Kharkiv recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) da decisão da UEFA de o desqualificar da Liga dos Campeões, por alegado envolvimento em viciação de resultados, anunciou hoje aquela instância.

Na quarta-feira, a UEFA - entidade que gere e regula o futebol na Europa - desqualificou o Metalist Kharkiv da edição deste ano da Liga dos Campeões e substituiu o clube ucraniano pelos gregos do PAOK Salónica.

O Metalist, que deveria enfrentar os alemães do Schalke 04 a 21 e 27 de agosto no “play-off” de acesso à fase de grupos, foi excluído pela segunda instância da UEFA (já depois de um primeiro recurso) por alegado envolvimento em jogos com resultados combinados.

O PAOK Salónica foi o adversário que o clube ucraniano eliminou na terceira pré-eliminatória.

Numa comunicação divulgada hoje, o TAS explicou ter «recebido um pedido urgente do FC Metalist Kharkiv para que sejam tomadas medidas preventivas no sentido de suspender os efeitos da decisão da UEFA de excluir o clube ucraniano das competições UEFA da época 2013/14».

O clube ucraniano também pede a sua reintegração na prova [Liga dos Campeões], «no seguimento de uma decisão da UEFA de o substituir pelo PAOK FC».

A mesma comunicação do Tribunal Arbitral do Desporto de hoje recorda que a 2 de agosto, um coletivo do TAS «tinha determinado que o FC Metalist, bem como certos dirigentes do clube, eram culpados de ter viciado o resultado do jogo FC Karpaty Lviv-FC Metalist Kharkiv de 19 de abril de 2008».

Esta decisão do TAS foi também alvo de recurso dos ucranianos para o Tribunal Federal da Suíça, única jurisdição capaz de inverter uma sentença do TAS.

O Metalist Kharkiv foi segundo classificado do campeonato ucraniano de futebol da época passada e começou a ser investigado pela UEFA no início deste mês depois de a federação ucraniana ter punido o clube por ter combinado o resultado de um jogo com o Karpati.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.