"As imagens e relatos dos fãs de Liverpool e dos media na sua entrada no Stade de France ontem [sábado] à noite são profundamente perturbadoras", disse Dorries, através de uma declaração.

A titular das pastas Digital, Cultura, Media e Desporto do país disse que "milhares de portadores de bilhetes viajaram para Paris em tempo útil para apoiar a sua equipa no maior jogo da época".

"Exorto a UEFA a abrir uma investigação formal sobre o que correu mal e porquê, em coordenação com o pessoal do estádio, a polícia francesa, a Associação Francesa de Futebol, a polícia de Merseyside e o Liverpool Football Club", acrescentou.

E prosseguiu: "É do interesse de todos compreender o que aconteceu e retirar lições com estes acontecimentos", disse Dorries.

A final, que o Real Madrid venceu por 1-0, foi marcada pelas cenas violentas testemunhadas - e relatadas nas redes sociais e nos media - antes do início do jogo, incluindo o lançamento de gás lacrimogéneo, roubos de fãs, assaltos e uma alarmante falta de segurança geral.

Os ministros franceses do Interior e do Desporto acusaram os adeptos do Liverpool de, sem bilhetes, entrarem à força no estádio, ao contrário das cenas testemunhadas por repórteres de pessoas que pareciam ser jovens locais a trepar por cima de vedações. "Desçam", diziam os adeptos de Liverpool a gritar, segundo os relatos.

"O estigma em torno dos adeptos ingleses está a ser utilizado pelas autoridades públicas francesas para ganhos políticos baratos", disse hoje Ronan Evain, diretor executivo da Football Supporters Europe.

E adiantou: "Sempre houve problemas de mobilidade em redor do Stade de France".

"Estamos chocados com a comunicação das autoridades públicas francesas". Os adeptos do Liverpool e do Real Madrid são as vítimas do fiasco de ontem [sábado] e não são os culpados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.