Em conferência de imprensa de antevisão do encontro com o FC Porto, Mircea Lucescu, treinador da formação ucraniana, explicou que o FC Porto não se resume apenas a Hulk.

«Hulk é um jogador muito importante, ao nível de uma estrela mundial mas o FC Porto não é só Hulk. É claro que seria bom para nós se ele tivesse sido vendido ao Anzhi [da Rússia]. O FC Porto tem outros jogadores influentes, sobretudo no meio-campo, como Moutinho, Belluschi e Defour. É uma equipa que todos os anos se apresenta forte e sem mudanças significativas desde as duas últimas épocas», revelou, esta segunda-feira, no auditório do Estádio do Dragão, minutos antes de subir ao relvado para a sessão de adaptação.

O FC Porto apresentar-se-á em campo sem Guarín e Rolando mas o treinador romeno diz que isso não será problema para a formação lusa porque «existem jogadores igualmente fortes» no plantel portista.

O presidente do clube ucraniano, Rinat Akhmetov, disse que este Shakhtar Donetsk estaria preparado para vencer uma Liga dos Campeões. Lucescu mostrou-se mais contido.

«Isto é um trabalho passo a passo. Atualmente, o Shakhtar não está preparado para ganhar a Liga dos Campeões mas está preparado para passar a fase de grupos. Queremos fazer uma boa prova mas sabemos que este FC Porto, em casa, é extremamente difícil de ganhar. Temos de ser fortes a defender para anular o FC Porto, contando com o talento dos nossos jogadores», explicou.

FC Porto e Shakhtar Donetsk defrontam-se, esta terça-feira, a partir das 19h45, no Estádio do Dragão, em jogo correspondente à primeira jornada do Grupo G da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.