O treinador adjunto do português José Mourinho no Real Madrid, Aitor Karanka, afirmou esta terça-feira que sempre falaram sobre factos nos comentários sobre arbitragens, na véspera da estreia dos “merengues” no Grupo D da Liga dos Campeões de futebol.

«Antes de começar, ninguém se pode queixar. Se há alguma coisa comigo e com o ‘mister’ (Mourinho) ou qualquer pessoa do Real Madrid é que sempre falámos sobre factos. No outro dia houve um erro a nosso favor e acho que o ‘mister’ não demorou nem 30 segundos a reconhecê-lo. Queremos o mesmo que no ano passado, que se fale do jogo da equipa, das suas vitórias ou derrotas e de nada mais», disse Karanka.

Mourinho encontra-se castigado pela UEFA precisamente devido às declarações produzidas na época passada, nas meias-finais da prova, quando os madridistas foram eliminados pelos campeões continentais, os rivais do FC Barcelona.

Karanka não esclareceu se Mourinho vai assistir à partida no estádio ou através da televisão no hotel, mas garantiu que tudo foi convenientemente preparado para o jogo de quarta-feira em Zagreb com o Dínamo.

«Não conversámos sobre isso. Amanhã [quarta-feira] vamos decidir. Depende de como estejam as coisas. É claro que ele [Mourinho] não pode entrar no balneário. Tudo o resto está bem preparado e não haverá problemas», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.