José Mourinho deixou uma palavra de solidariedade para todos os afetados pelos incêncios que assolaram Portugal no domnigo. Na antevisão do jogo com o Benfica, para a Liga dos Campeões, o técnico do Manchester United disse que trocaria uma vitória no futebol pela vida das 37 pessoas que morreram durante a tragédia.

"Acho que é difícil acrescentar alguma coisa àquilo que muita gente tem dito. É difícil de aceitar quase, mas é uma realidade triste. Que palavras possa ter mais do que do que os outros portugueses? O que poderia acrescentar é que trocava facilmente um resultado de futebol pela vida das pessoas que a perderam e com a desgraça que assolou tanta família direta e indiretamente... O futebol perde força, perde significado perante tragédias como estas e as minhas condolências pela morte dos que partiram e força para os que ficaram", disse o português.

As centenas de incêndios que deflagraram no domingo, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram pelo menos 37 mortos e 70 feridos, além de terem obrigado a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos este ano, depois de Pedrógão Grande, na primavera, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou 64 vítimas mortais e mais de 200 feridos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.