Em San Siro, onde jamais havia sequer marcado um golo e tinha perdido nas anteriores quatro visitas, o “onze” de Alex Ferguson esteve em desvantagem, mas deu a volta ao resultado, em mais uma noite em grande de Wayne Rooney.

Com Olegário Benquerença a “apitar” a primeira “mão” dos oitavos de final e após um livre de David Beckham, que defrontou pela primeira vez o United, Ronaldinho Gaúcho adiantou os locais logo aos 2 minutos, beneficiando ainda de um desvio que traiu Van der Sar.

Os vice campeões europeus em títulos sentiram o golo, mas acabaram por reagir e, com alguma felicidade, chegaram ao empate: após um centro de Fletcher, na direita, Scholes falhou o remate com o pé direito, mas a bola embateu-lhe no esquerdo e entrou junto ao ângulo inferior direito.

Na segunda parte, Rooyney, melhor marcador da Liga inglesa, com expressivos 21 golos, mostrou a sua veia goleadora, ao “bisar”, com tentos aos 66 e 74 minutos, que, praticamente, sentenciaram a eliminatória.

Os dois golos do número 10 do United já foram apontados numa altura em que Nani não estava em campo, uma vez que tinha sido substituído por Valência, aos 65 minutos.

A cinco minutos do final, o holandês Clarence Seedorf ainda reduziu, com um toque de habilidade, mas o AC Milan já não conseguiu mais, num jogo que acabou com o segundo amarelo a Carrick, expulso por Benquerença aos 93 minutos.

Se o Manchester United ficou com a eliminatória encaminhada, o Real Madrid, que também partia como favorito, não conseguiu melhor do que ceder pela margem mínima em Lyon, onde, nas anteriores visitas, tinha perdido por mais.

Um grande golo do camaronês Jean Makoun, aos 47 minutos, selou o triunfo dos gauleses, que poderiam ter conseguido uma vantagem ainda maior, já que falharam várias oportunidades claras, algumas pelos ex-portistas Lisandro e Cissokho.

O Real Madrid, que ambiciona chegar a uma final marcada para o seu estádio, também poderia ter facturado, nomeadamente por Cristiano Ronaldo, o melhor marcador da prova, mas o guarda-redes Hugo Llloris esteve em excelente plano.

Os encontros da segunda “mão”, em Manchester e Madrid, estão agendados para 10 de Março.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.