Nani considerou hoje que o Manchester United merecia ter vencido o Valência, para a Liga dos Campeões de futebol, por ter sido “a equipa que mais oportunidades de golo criou”.

A formação inglesa empatou terça-feira em casa com os espanhóis do Valência, a 1-1, com golos de Hernandez (0-1) e Anderson (1-1), em jogo referente à sexta e última jornada do Grupo C, que terminou com o apuramento de ambas as equipas.

“Estivemos bem e deveríamos ter ganho, porque criámos muitas oportunidades de marcar. Ainda assim, foi um bom resultado, porque terminámos na primeira posição do grupo”, refere Nani no site oficial do clube.

O extremo internacional português foi um dos jogadores mais inconformados na equipa orientada por Alex Ferguson e que mais perigo criou até aos 81 minutos, altura em que foi substituído por Ryan Giggs.

Apesar de defender que a vitória teria sido um resultado mais justo para o Manchester, que sofreu frente aos espanhóis o seu primeiro golo na prova, Nani reconhece que “o Valência é uma grande equipa”.

“O Valência, a espaços, jogou bom futebol”, defendeu Nani, que demonstrou “confiança” para a próxima fase da Liga dos Campeões (oitavos-de-final) e alguma expectativa para o adversário que irá tocar ao Manchester.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.