O Athletikos Podosferikos Omilos Ellinon Lefkosias, mais conhecido como Apoel, aterrou esta tarde na cidade do Porto para defrontar amanhã, em jogo da terceira jornada, o FC Porto, no Grupo D da Liga dos Campeões.

Ivan Jovanovic, treinador dos cipriotas, começou a conferência de imprensa, no Estádio do Dragão, elogiando a formação azul e branca: “O FC Porto, juntamente com o Chelsea, é a equipa mais forte do grupo. Por isso, acredito que irá ser um jogo interessante, tal como os outros que tivemos e iremos ter”, disse o técnico que colocou o Apoel, pela primeira vez, na fase de grupos da “Champions”.

Mas os elogios não ficaram por aqui, Jovanovic admitiu que o FC Porto já deixou uma marca, “tanto em Portugal como na Europa. É uma equipa que nos últimos anos tem tido uns dos melhores jogadores nas competições europeias”, acrescentou. Por falar em jogadores, não deixou de evidenciar aqueles que mais admira e ao mesmo tempo teme: Hulk, Falcao, Mariano, Belluschi (que não será problema por estar lesionado e portanto fora dos planos de Jesualdo para o meio-campo portista) e Bruno Alves, muito devido à prestação do internacional português ao AEK de Atenas.

Também Jesualdo Ferreira não se livrou dos elogios. Ivan Jovanovic considera o técnico trasmontano um "óptimo treinador".

O técnico sérvio confessou que amanhã irá jogar para ganhar, tal como fez nas anteriores partidas, mas admite que “um empate seria bom”, até pelo trajecto dos Dragões na Liga dos Campeões.

Apesar do mesmo número de pontos (1), o Apoel tem menos golos sofridos que o Atlético de Madrid e portanto encaixa-se na terceira posição do Grupo D, liderado pelo Chelsea com 6 pontos, e em segundo o seu adversário de amanhã, o FC Porto, com 3 pontos.

O embate terá lugar esta quarta-feira, no Estádio do Dragão, às 19h45.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.