Já é conhecido o átbitro do PAOK - Benfica, da segunda-mão dos play-off de acesso à Liga dos Campeões. A UEFA escolheu o alemão Felix Brych  para apitar o encontro, muito importante para as contas das duas equipas.  Se o Benfica passar esta ronda, arrecada, no mínimo, 43 milhões de euros.

O Benfica não guarda boas recordações do árbitro alemão. Felix Byrch foi o juiz da final da Liga Europa de 2013/2014, que os 'encarnados' perderam frente ao Sevilha nas grandes penalidades. O Benfica queixou-se muito da arbitragem do alemão, atualmente com 43 anos.

Felix Brych, de 43 anos e internacional desde 2007, vai arbitrar pela quinta vez um jogo dos ‘encarnados’, a última das quais há duas épocas, na derrota em Nápoles (4-2), na fase de grupos da Liga dos Campeões de 2016/17.

Antes, o árbitro alemão, que dirigiu um jogo no Mundial2018, esteve também na vitória caseira do Benfica diante do Twente (3-1), também nos ‘play-offs’ para a ‘Champions’ de 2011/12, e no empate em Lisboa frente ao Marselha (1-1), para os oitavos de final da Liga Europa da época 2009/10.

Em 2016/17, Brych dirigiu a final da Liga dos Campeões, que o Real Madrid venceu por 4-1 frente à Juventus.

A equipa de Rui Vitória está obrigado a marcar se quiser seguir em frente, depois do empate 1-1 na primeira-mão na Luz.

Benfica e PAOK defrontam-se na quarta-feira, a partir das 20h00, em Salónica, depois da igualdade 1-1 na primeira mão, em Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.