O árbitro português vai dirigir a final da Liga dos Campeões este sábado e revelou à UEFA como está a viver o momento que antecede ao grande jogo entre Bayern Munique e Chelsea.

«Ser o árbitro aqui é a realização de um sonho. É bom saber que uma grande entidade como a UEFA reconheceu que fizemos um bom trabalho nesta longa temporada. Sente-se uma grande felicidade», começou por dizer Pedro Proença ao site oficial da UEFA.

«Fizemos uma preparação cuidada e meticulosa porque tivemos a sorte e o privilégio de saber com antecedência que equipas estariam aqui. Preparámos todos os cenários, pelo que não vamos ser apanhados de surpresa em qualquer situação que surja. É a chave do sucesso. A minha rotina é sempre a mesma. Como é óbvio, primeiro há um aquecimento, depois a preparação mental e depois a preparação para o jogo em si», acrescentou o árbitro internacional português.

Em relação às expectativas, Pedro Proença revela que quer contribuir para um grande espetáculo e que no final todos saiam satisfeitos.

«Fundamentalmente espero que seja um grande espetáculo e que as pessoas saiam deste magnífico estádio muito satisfeitas com aquilo que aqui aconteceu. Assim, as minhas últimas palavras são para o esforço dos atletas, o respeito para todas as pessoas que estão a trabalhar para esta final e que os espetadores possam ser as pessoas mais felizes de todas», afirmou Pedro Proença.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.