Pinto da Costa, presidente do FC Porto, elogiou o trabalho dos jogadores na vitória sobre o Bayern de Munique, mas criticou a arbitragem do espanhol Carlos Velasco Carballo.

"Foi um grande jogo, um grande resultado, uma luta permanente e constante. Só teve uma má arbitragem. Estas duas equipas, estes jogadores e este público mereciam uma arbitragem à altura, o que não aconteceu", começou por dizer o líder dos "dragões" em entrevista ao jornal O Jogo.

"Se estou a falar do cartão amarelo a Neuer? Se tivessem sido cumpridas as leis do jogo, poderíamos estar já com meio bilhete para as meias-finais. Agora, os nossos laterais [Danilo e Alex Sandro] não vão jogar por terem visto o amarelo, por faltas muito menos graves do que algumas que passaram impunes do lado dos alemães", acrescentou.

Pinto da Costa falou ainda sobre o facto de o jogo com a Académica, marcado para sábado, não ter sido adiado: "Chegou-se a falar nisso, mas foi marcado definitivamente para sábado, ainda antes do jogo com o Rio Ave. A Liga entendeu que não podia esperar pelo resultado, mas, se calhar, para o futebol português não é importante ter algum clube nas meias-finais da Liga dos Campeões".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.