Portugal está mais longe do 6.º lugar do ranking da UEFA. A vitória do Spartak Moscovo e a derrota do FC Porto, deixaram a Rússia com mais conforto no 6.º lugar. Portugal está a 4,53 pontos de coeficiente em relação ao sexto lugar, ou seja, de ter três equipas na Champions. Um privilégio que, como já se sabe, Portugal irá perder na próxima época, pelo que só o campeão tem acesso direto à fase de grupos (o vice-campeão irá disputar as eliminatórias).

Com o trinfo do Shakhtar Donetsk, a Ucrânia ficou mais perto, mas ainda longe do lugar de Portugal, que tem a Bélgica à sua frente.

Portugal tem de dividir os pontos por mais que uma equipa (cinco), pelo que é importante que Sporting, Benfica V. Guimarães e SC Braga empatem ou ganhem os seus jogos nesta ronda. E esperar que a Rússia (que está a frente de Portugal), não ganhe pontos, ou seja, que as suas equipas sejam derrotas nas provas da UEFA.

O ranking atual irá servir para projetar os acessos às provas da UEFA no final de 2018/2019. A tabela resulta da soma da pontuação de cada clube/país das últimas cinco épocas. Cada vitória vale dois pontos, o empate um ponto e a derrota zero pontos. A qualificação para os quartos-de-final, meias-finais e final da Liga dos Campeões e Liga Europa vale um ponto extra. A qualificação para a primeira fase a eliminar após a fase de grupos resulta em mais cinco pontos de bónus.

O ranking de cada país é calculado dividindo o número total de pontos das suas equipas pelo número de equipas participantes nas competições europeias, numa determinada época. A soma deste valor das últimas cinco temporadas resulta então na pontuação total do país para o ranking global.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.