Cesare Prandelli conhece bem a Juventus (jogou seis épocas na 'Vecchia Signora', de 1979 a 1985) e apontou o que o FC Porto deve fazer para contrariar o poderio do tetracampeão italiano. O antigo selecionador transalpino referiu que os 'dragões' precisam de tentar apanhar a equipa adversária em contrapé.

"[A Juventus] é uma equipa que dificilmente é apanhada em contrapé, porque é muito boa a fechar os espaços preventivamente. Por isso será um pouco difícil. Talvez a solução seja, com os jogadores certos, procurar o um contra um. E o FC Porto tem esse tipo de jogadores", referiu o técnico, em entrevista ao jornal o Jogo.

Não obstante, Prandelli ainda pensa que o clube de Turim será aquele com maiores possibilidades de conseguir a vitória. "Para mim há uma ligeira vantagem da Juventus, mas o FC Porto é uma equipa muito organizada, com muitos jogadores talentosos, pelo que será um bom jogo. Mas, repito, vejo a Juventus com um ligeiro favoritismo", explicou o antigo jogador dos 'bianconeri'.

Instado a comentar sobre a melhor receita para bater Buffon, o guarda redes menos batido da Serie A, Prandelli diz que é muito complicado.

"Como se faz? Penso que todos os treinadores antes do jogo têm uma ideia para o conseguir, mas depois torna-se complicado. Sobretudo nesta fase, porque a Juventus está a defender muito bem e fá-lo também com os médios e os avançados".

Sobre a tática dos ‘dragões’, Prandelli defendeu que não acredita que os 'azuis e brancos', que agora jogam com dois avançados num 4-4-2, depois de muitos jogos em 4-3-3, deviam mudar o sistema tático.

"Se os dois avançados tiverem profundidade e força e um deles poder jogar entre linhas, o 4-4-2 é bom, com um deles com características mais físicas e outro mais técnico. Mas normalmente, uma mudança de sistema não é aconselhável depois de se estar habituado a outro", observou o antigo treinador, que aposta na Juventus como um dos candidatos à conquista da Liga dos Campeões.

"A Juventus já era uma equipa forte e esta época contratam Higuaín e Pjanic precisamente para voltarem a ser campeões europeus. Repito o que disse anteriormente: a Juventus tem uma pequena vantagem sobre o FC Porto, mas não uma vantagem muito grande, até porque todas as equipas que a defrontam procuram dar sempre um pouco mais. E com o FC Porto também será assim", concluiu.

Cesare Prandelli, como jogador, teve várias conquistas sobre o seu nome. À cabeça a conquista de uma Taça dos Campeões Europeus, uma Taça das Taças e uma Supertaça Europeia. No plano doméstico, conquistou três Ligas Italianas e uma Taça de Itália.

Como treinador, orientou a Atalanta, o Lecce, o Verona, o Veneza, o Parma, a Roma, a Fiorentina e a seleção italiana. Com a equipa transalpina, Prandelli chegou à final do Europeu 2012 e ficou em terceiro lugar na Taça das Confederações, em 2013. No entanto, no Mundial 2014, não foi além da fase de grupos e abandonou a Squadra Azzurra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.