O presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, disse hoje que o jogo entre o Paris Saint-Germain e o Estrela Vermelha, da Liga dos Campeões de futebol, também será investigado no país, por alegada viciação de resultados.

"Investigaremos qualquer possibilidade de alguém que tenha tentado denegrir a reputação do nosso clube e do nosso país. Se se confirmar, quem o fez será castigado de forma severa", salientou o presidente sérvio.

A UEFA já tinha iniciado uma investigação a este caso, noticiado pelo jornal L’Equipe, que referiu que um alto dirigente do Estrela Vermelha apostou uma avultada quantia de dinheiro em como a sua equipa perderia por cinco golos de diferença, algo que veio a confirmar-se.

A equipa sérvia já veio a público rejeitar, com a "máxima ira e abominação", as notícias e as suspeitas levantadas, negando o envolvimento de "qualquer pessoa" do clube em "eventuais atividades ilegais".

O Paris Saint-Germain também negou, "categoricamente", o seu envolvimento, direta ou indiretamente, num possível processo de viciação de resultados.

O caso diz respeito ao dia 3 de outubro quando as duas formações se encontraram, em Paris, num jogo que terminou com a vitória da equipa francesa, por 6-1, com um ‘hat-trick’ de Neymar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.