Depois de Courtois ter sido substituído aos 45 minutos no jogo do Real Madrid frente ao Club Brugge (2-2), a contar para a Champions, especulou-se sobre o que teria levado Zidane a promover tal alteração.

Na passada quarta-feira, dia seguinte ao jogo, a imprensa espanhola avançou que um vírus no estômago teria sido a razão para a saída do belga, devido ao seu estado debilitado.

Entretanto, na passada quinta-feira, surgiu o rumor que o jogador teria sido diagnosticado com uma crise de ansiedade, depois de ser assobiado pelos adeptos ‘merengues’.

Depois de Courtois ter vindo a público desmentir tal rumor, agora foi a vez do clube de Madrid reagir à noticia.

Em comunicação oficial, publicado no site oficial do clube, o Real Madrid afirma que “em momento algum o jogador foi diagnosticado com quadro de ansiedade e, por isso, as informações são absolutamente falsas”.

O clube madridleno confirma ainda que o guarda-redes foi diagnosticado com uma gastroenterite aguda que o impediu de terminar o jogo com o Club Brugge, mas que se encontra a reagir favoravelmente ao tratamento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.