Rui Vitória fez esta terça-feira a antevisão do jogo da segunda mão do play-off da Liga dos Campeões frente ao PAOK, em Salónica, marcado para amanhã às 20h00. O treinador dos 'encarnados'

O estilo de jogo do PAOK

"Espero um jogo bem disputado, em que as duas equipas vão querer ganhar. Não creio que a equipa do PAOK se vá remeter à sua defensiva, não é assim que joga, e porque têm noção que o Benfica tem feito golos em todo o lado. As duas equipas querem ver qual delas está melhor implementada no campo. Espero um jogo difícil em que a concentração e o detalhe vão fazer diferença, a organização defensiva faz diferentes. E há sempre a esperança que a qualidade individual possa fazer a diferença. Será difícil, mas estamos preparados."

Os milhões

"Os jogos para mim são sempre importantes, nós temos noção que quando representamos esta camisola o foco é sempre ganhar. Percebo alguma coisa de gestão mas o meu foco é sempre a vitória. Queremos vencer. Quanto a questões financeiras, se olharmos para o que aconteceu há dois ou três anos, o Benfica ganhou uma série de dinheiro que não era normal ganhar. As questões financeiras não são a minha área nesta altura."

Salvio

"O Salvio já treinou na sua plenitude. Vou agora reunir com o departamento médico mas creio que estará disponível para amanhã podermos optar, ou não por ele mas creio que sim. No entanto, só na hora do jogo é que decidimos se vai jogar."

O desgaste

"Nós temos vindo a jogar com muita frequência, mas pelo que sei os jogadores têm tido uma recuperação fantástica. Gostaríamos de ter mais tempo para preparar os jogos, mas isso não quer dizer que os jogadores não estejam preparados. O descanso não vai ser o foco fundamental. A parte mental ajuda a ter disponibilidade física. Não vou dizer-vos qual vai ser a equipa que vai jogar, mas não vai ser por questões de cansaço que a equipa vai ser escolhida."

A vantagem do PAOK

"Eu creio que a equipa do PAOK vai querer procurar o golo porque tem noção que vai defrontar o Benfica. No jogo da primeira mão ficou bem evidente que tivémos as nossas oportunidades. O PAOK dá a sua intenção, mas a nossa é ir com a noção clara da dificuldade que temos pela frente. Se amanhã tivermos metade das oportunidades do primeiro jogo e metade da eficácia, vamos marcar e não vai ser só um golo. Temos vindo a ser uma boa equipa, que cria várias oportunidades e que foi melhor na primeira mão. Temos consciência que vai ser um jogo empolgante e bem disputado. A eficácia vai ser determinante."

Ramires

"Por norma, até à apresentação de um jogador, eu não faço qualquer comentário. O jogo de amanhã é demasiado importante para abordar questões que ainda estão no ar."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.