O espanhol José Callejón (60 minutos) e o belga Dries Mertens (79) marcaram os golos dos napolitanos, que garantiram a vitória na ‘poule’, com 11 pontos, mais três do que o Benfica e quatro do que o Besiktas.

Os ‘encarnados’, que marcaram pelo mexicano Raul Jiménez, aos 87 minutos, acabaram por beneficiar da derrota do Besiktas, que 'cai' para a Liga Europa, em casa do já eliminado Dínamo de Kiev, por 6-0, com os ucranianos a somarem a primeira vitória na prova, terminando com cinco pontos.

No final do jogo, Rui Vitória lamentou as oportunidades falhadas do Benfica antes do golo do Nápoles e destacou a importância de garantir o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo, um feito inédito na Luz.

"É um momento importante. Garantimos o apuramento, mas queríamos ganhar. Foi um jogo equilibrado e a eficácia fez a diferença. O Nápoles aproveitou os lances que teve e materializou. Tenho de realçar a nossa campanha, porque saímos de Nápoles em último e acabamos em segundo. Queríamos ter passado com uma vitória, mas quero agradecer aos meus jogadores por termos passado esta fase", disse Rui Vitória em declarações à Sport TV.

"Ao intervalo já sabíamos o resultado do outro jogo e no início da segunda parte existiu mais falta de rigor. Agora, nós podíamos ter feito o golo minutos antes do Nápoles", acrescentou o técnico do Benfica.

Em relação ao próximo jogo com o Sporting, Rui Vitória não se quis alongar muito sobre o assunto.

"Isso é outra história. Amanhã (quarta-feira) vamos começar a preparar o próximo jogo e vamos analisar este jogo", sentenciou Rui Vitória no flash interview da Sport TV.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.