O Benfica venceu hoje em casa do Dínamo de Kiev por 2-0, em jogo da terceira jornada do grupo B da Liga dos Campeões de futebol, mantendo-se assim na luta pelo apuramento para os oitavos de final.

Um golo de Salvio, aos nove minutos, na conversão de uma grande penalidade, e outro de Cervi, aos 55, permitiram aos 'encarnados' averbarem a primeira vitória na presente edição da prova e continuarem na luta pela passagem à fase seguinte.

"No plano teórico, é preferível jogar em casa. Mas na Champions não há jogos fáceis. Ganhar aqui não nos dá a vitória no próximo jogo mas, com os benfiquistas do nosso lado, fica mais próximo. Temos duas finais em casa e temos de as aproveitar", afirmou Rui Vitória sobre o próximo jogo em casa diante dos ucranianos.

Apesar do triunfo, o Benfica ocupa a terceira posição do grupo com quatro pontos, menos um do que os turcos do Besiktas, que foram vencer a casa do Nápoles, ainda líder com seis pontos, por 3-2, enquanto o Dínamo é quarto com apenas um ponto averbado.

Quesitonado sobre a posição de Pizzi no meio-campo, Rui Vitória elogiou a exibição do jogador do Benfica e frisou que tem um conhecimento profundo das capacidades técnicas e polivalência do número 21 do Benfica.

"Não era por este jogo que o Pizzi me convencia do que quer se seja. Se há treinador que o conhece sou eu. Pizzi tem a capacidade de jogar em várias posições, e bem. Tem esse conhecimento e foi importante, deu critério à nossa construção. Pizzi não precisava de me convencer, sei o valor que ele tem", frisou Rui Vitória.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.