Na antevisão do jogo contra o Manchester City, para a Liga dos Campeões, Sérgio Conceição foi questionado sobre o 'recado' enviado ao balneário do FC Porto no final do empate com o Sporting (2-2).

"Como disse, o detalhe e o pormenor no futebol, que são quase científicos, tudo isso é trabalhado. Há muita qualidade nas equipas técnicas, nos jogadores que conhecem agora melhor o jogo. O que eu disse no final do Sporting-FC Porto não foi nada de mais. Acho que todos percebem e conhecem a exigência do FC Porto, que define o clube e a mim como treinador. Só estranho o alarido por algo que eu disse que é normal e básico", explicou o técnico em conferência de imprensa.

Logo após o empate em Alvalade, Sérgio Conceição disse o seguinte sobre a adaptação dos reforços à exigência do FC Porto: "Por vezes subvalorizamos o nosso campeonato. Há aqui bons jogadores e bons treinadores, mas é preciso trabalhar e correr. Para entender a identidade do FC Porto demora algum tempo e quem não a entender, tenho pena, mas não pode estar aqui no nosso grupo."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.