Tiago não entrou em ação na final da Liga dos Campeões para ajudar o Atlético de Madrid mas, no final do encontro, garantiu que os colchoneros vão voltar a lutar na próxima época pelo troféu.

“Os pénaltis são sempre complicados porque fica sempre um jogador na história do jogo. Depois do golo do Real Madrid, tivemos mais controlo no jogo, mas infelizmente as finais são assim. Vamo-nos levantar para no próximo ano estarmos outra vez aqui”, afirmou à Sport TV.

O Real Madrid conquistou a 11ª Liga dos Campeões da sua história, ao bater o At. Madrid nas grandes penalidades. Depois de um jogo cinzento, Cristiano Ronaldo foi decisivo ao assinar a última grande penalidade e impediu assim os colchoneros de chegarem ao primeiro título europeu, depois de um empate a um golo no tempo regulamentar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.