Hans-Dieter Flick ficou desiludido pela forma como o Bayern Munique foi afastado pelo PSG da Liga dos Campeões. O técnico dos bávaros considera que a derrota por 3-2 na primeira-mão foi crucial, num jogo onde o Bayern falhou muitos golos.

"Foi na primeira mão quer perdemos esta eliminatória com tantos golos que desperdiçámos. Acho que o terceiro golo que encaixamos foi demais, o 2-2 estava muito bem. Hoje faltou-nos um bocadinho de sorte, particularmente naquele lance em que o Leroy [Sané] estava bem posicionado e optou por fazer um passe em vez de procurar a sua sorte. Mas tenho de felicitar a minha equipa. Tentaram tudo e tivemos azar com vários jogadores importantes indisponíveis. Fomos a melhor equipa nos dois jogos mas temos de aceitar e dar os parabéns ao PSG", começou por dizer o técnico alemão.

Apesar de eliminado pelo critério dos golos fora, Hans-Dieter Flick considera que o Bayern foi melhor.

"Normalmente, a equipa tem uma enorme qualidade nos últimos trinta metros, mas o Paris defendeu bem e, como no jogo da primeira mão, não conseguimos ser eficazes, faltou-nos um último punch. No balanço dos dois jogos, penso que fomos a melhor equipa", justificou o treinador do campeão europeu.

O Bayern Munique foi afastado da Champions pelo PSG, equipa que derrotou na final na época passada. Os franceses passam às meias-finais graças ao critério dos golos fora: apesar de terem perdido hoje em casa por 1-0, conseguem o apuramento graças aos 3-2 da primeira-mão, na Alemanha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.