O treinador do Salzburgo, Gerhard Struber, afirmou hoje que o jogo frente ao Benfica, da sexta e última jornada do Grupo D da Liga dos Campeões de futebol, será uma final na luta pela vaga na Liga Europa.

“É uma final para as duas equipas. Para mim, o favorito é o Benfica, tem mais experiência, na época passada chegou aos quartos de final da Liga dos Campeões e estão sempre no topo do campeonato em Portugal”, disse o técnico em conferência de imprensa.

O Benfica, já sem qualquer hipótese de seguir na ‘Champions’, está obrigado a vencer por dois golos na visita ao Salzburgo, para garantir o terceiro lugar no Grupo D e a ida ao play-off de acesso aos ‘oitavos’ da Liga Europa, numa ‘poule’ em que Inter Milão e Real Sociedad já garantiram o apuramento.

Se triunfar por dois golos, o Benfica iguala o Salzburgo em pontos, e as duas equipas ficariam com o mesmo saldo entre golos marcados e sofridos, entrando no desempate o maior número de golos marcados, com vantagem das ‘águias’.

Struber rejeitou a ideia de a sua equipa entrar em campo com a “calculadora na mão”, explicando que o objetivo é dar tudo em busca do triunfo.

“Sabemos que o Benfica é uma equipa forte, mas temos de dar tudo para conseguir, com a ajuda dos adeptos, continuar nas competições europeias”, salientou.

O treinador lembrou que em Lisboa o Salzburgo conseguiu vencer (2-0) com “união e disciplina”, mas alertou que espera um adversário a correr riscos para evitar ficar fora das competições europeias.

“O Benfica vai querer dar tudo, correr riscos. Nós temos de ser fortes e não podemos ser uma equipa passiva. Temos de seguir os nossos princípios, mostrar a nossa identidade e jogar com coragem”, garantiu.

O facto de o Benfica estar a passar por um período conturbado não é para Gerhard Struber uma vantagem, com o treinador a elogiar Roger Schmidt e a mostrar-se até algo surpreendido com a contestação ao treinador dos ‘encarnados’.

“Sabemos que jogamos com uma equipa com campeões no mundo. Não podemos pensar no momento do Benfica, temos de estar alerta e focados apenas neste jogo. Schmidt é uma pessoa que admiro, junta uma boa gestão do plantel à sua ideia de jogo, como já tinha demonstrado no Leverkusen”, defendeu o treinador.

O jogo entre o Salzburgo e o Benfica está agendado para terça-feira, pelas 20:00, na Áustria, e vai ser dirigido pelo alemão Daniel Siebert.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.