Thomas Tuchel, que esta terça-feira garantiu a passagem à final da Liga dos Campeões, ao vencer o Leipzig por 3-0, afirmou que os parisienses estão determinados a sair de Lisboa com o troféu em mãos.

“Disse-lhes que estávamos aqui para jogar a final e chegámos aqui para ganhar a final. Tenho jogadores que gostam muito de pressionar e isso reflete-se no jogo contra o Leipzig. Sentimos que todos os adeptos acreditam em nós, apesar da distância. Conseguimos ganhar com um grande jogo e esta vitória é dedicada aos nossos adeptos, pois o futebol também é deles”, começou por dizer o treinador do PSG.

“Jogámos com muita determinação durante os 90 minutos. Fomos bons na pressão. Estávamos a vencer por 3-0, mas isto é futebol e, por isso, não baixámos a intensidade em nenhum momento. Nunca deixámos de lutar pelo nosso objetivo. O mais importante foi a mistura de determinação, força e qualidade”, acrescentou.

O Paris Saint-Germain apurou-se hoje pela primeira vez para a final da Liga dos Campeões de futebol, ao vencer nas meias-finais o Leipzig por 3-0, em jogo das meias-finais disputado no estádio da Luz, em Lisboa.

Num encontro entre duas equipas com possibilidade de se estrearem na final, o PSG fez valer o seu maior estatuto e rapidamente construiu o triunfo, chegando ao intervalo a vencer já por 2-0, com golos de Marquinhos (13 minutos) e de Di Maria (42), tendo Bernat (56) anotado o tento que conferiu a tranquilidade total ao conjunto parisiense.

Na final, agendada para 23 de agosto, igualmente no estádio da Luz, o PSG vai medir forças com o vencedor do outro encontro das 'meias', a ser disputado, na quarta-feira, no estádio José Alvalade, entre Bayern de Munique e Olympique de Lyon.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.