O Paris Saint-Germain qualificou-se hoje para as meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, ao vencer a Atalanta, por 2-1, no primeiro encontro da inédita 'final a oito' em Lisboa.

No Estádio da Luz, o croata Mario Pasalic, aos 27 minutos, marcou o primeiro golo da partida, mas os parisienses deram a volta ao marcador nos minutos finais, com golos de Marquinhos (90) e Eric Maxim Choupo-Moting (90+3).

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

Thomas Tuchel, técnico do PSG, considera o triunfo justo, apesar de ter duvidado que a sua equipa conseguisse o apuramento. "Esta é uma temporada histórica com quatro títulos e agora uma meia-final da Liga dos Campeões, não vamos esquecer este aniversário", disse à 'RMC Sport'

"Duvidei da vitória depois de 85 ou 88 minutos de jogo, sou sincero. Mas sempre sentimos que podíamos marcar. Disse aos meus assistentes: 'se igualarmos, faremos a diferença logo a seguir'. Fizemos um jogo muito bom e a qualificação é merecida. Tivemos um pouco de sorte com os golos tardios, mas se tivermos em conta o jogo todo, é merecido. Os jogadores do banco que entraram foram excecionais", elogiou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.