O Comité Disciplinar da UEFA reúne-se esta quarta-feira na sua sede em Nyon, na Suíça, para deliberar, entre outros temas, acerca do castigo a aplicar ao Benfica após o comportamento dos seus adeptos no último jogo da Liga dos Campeões diante da Real Sociedad.

Para chegar a uma punição, o Comité irá ter em conta, não só o relatório do árbitro Anthony Taylor, como também o do delegado ao jogo e o das autoridades policiais espanholas. O facto dos encarnados serem reincidentes neste tipo de situações, torna o castigo um dado praticamente adquirido.

O episódio protagonizado por alguns adeptos do clube da Luz na deslocação a San Siro na última temporada, e que levou a UEFA a castigar o Benfica com a impossibilidade de levar apoiantes a um jogo fora da Luz, deverá ser tido em conta, muito devido às semelhanças entre esse caso e o vivido em San Sebastián.

De recordar que em San Sebastián, à semelhança do que aconteceu em Milão, alguns adeptos benfiquistas utilizaram e arremessaram tochas e engenhos pirotécnicos a partir da sua bancada, chegando a atingir algumas zonas ocupadas por apoiantes da Real Sociedad.

O Benfica arrisca-se assim a ter o Estádio da Luz interdito para o próximo jogo da 'Champions' diante do Inter de Milão; os 'nerazurri' também aguardam a decisão do Comité de Disciplina da UEFA, isto porque têm cerca de 3000 adeptos já com bilhete para a partida em Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.